Seja bem-vindo. Hoje é

Contador único p/ IP

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Líder tucano oculta latifúndio na declaração de bens


O líder dos tucanos na Câmara, deputado Duarte Nogueira (PSDB/SP), é um dos mais salientes conspiradores, empenhado em derrubar Palocci do ministério, mas a transparência que ele cobra à empresa privada de Palocci, ele não pratica na sua fazenda.
Ao declarar seus bens no TSE, ele descaracterizou seu latifúndio rural, maquiando a verdadeira natureza de seus bens perante o eleitor, impedindo o bom controle social.
O tucano declarou:
Descrição do Bem: HECTARES LOCALIZADO EM ITURAMA MG
Tipo do bem: Terreno
Valor do bem (R$): 178.087,29
Ora, é o cúmulo da malandragem declarar “HECTARES” sem declarar a área.
Se um deputado tem 30 Hectares no ano de uma eleição e tem 3.000 na eleição seguinte, mas ele só declara ter “HECTARES”, ele está sonegando informações essenciais ao eleitor e à justiça eleitoral, pois parece que ele não teve variação patrimonial, enquanto sua terra teria sido aumentada em 100 vezes.

Ruralista enrustido

Outra malandragem é declarar o tipo de bem como “terreno”, sem especificar que é rural. O eleitor desavisado é induzido a pensar que trata-se de algum modesto terreno urbano.
Até parece que o deputado tem vergonha de assumir-se com membro da bancada ruralista.
Em tempo: Essa nota será encaminhada a Procuradoria Geral Eleitoral e à Procuradoria Regional Eleitoral de São Paulo, para exigir que o tucano cumpra com suas obrigações perante a lei e perante aos eleitores, declarando os bens de VERDADE, sem ocultação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário